Polícia Civil apresenta quadrilha presa em Coruripe PDF Imprimir E-mail
Polícia
Escrito por Ascom PC   
Qua, 14 de Abril de 2010 19:28

capa_pousada140410.jpg

 

 

 

 Bando confessa assaltos em Porto de Pedras e está sendo investigado em outros crimes.

 

 

 

A Polícia Civil de Alagoas apresentou nesta quarta-feira (14), em sua sede, no bairro de Jacarecica, nove integrantes de uma quadrilha presa nos povoados Barreiras e Miaí de Cima, localizados no município de Coruripe, entre eles duas mulheres.

 

 

mesa1.jpg

O delegado-geral adjunto José Edson de Freitas Júnior 

 

 

O delegado-geral adjunto José Edson de Freitas Júnior informou, durante a coletiva, que pelo menos quatro das pessoas presas estão envolvidas com os assaltos ocorridos na noite do dia 6 deste mês, contra uma chácara de propriedade de um casal de italianos e à pousada Bora Pirá, na cidade de Porto de Pedras. O bando, no entanto, é investigado pela prática de outros crimes, inclusive o assalto a uma agência bancária em Passo de Camaragibe, além de roubos e homicídios na região de região de Coruripe.

A operação policial foi comandada pelo delegado Paulo Cerqueira e mobilizou agentes da Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic) e do Tigre (Tático Integrado de Grupos de Resgates Especial).

Estão presos: Alessandra Pereira Macário, 38 anos; Taísa dos Santos, 20; José Alcides da Silva Peroba, 45 – conhecido por “Camelô”; Adelmo Julião da Silva Filho, 27; Isaías Valdevino Marcolino, 27; Luiz André de Araújo, 40 – o “Pires”; Daniel Feitosa Fernandes, 19 – o “Galeguinho”; Paulo José Guimarães Correia, 43 – o “Paulinho”, e Jones Marques Santos da Silva, 19.

No cerco policial, um dos líderes do grupo – Ednildo da Silva Santos, conhecido como “Cabeludo” – foi baleado, após reagir à prisão, mas conseguiu fugir. Outro membro do bando, identificado apenas como Fernando, saiu ferido e morreu ao ser levado para o hospital de Coruripe.

Com a quadrilha, os policiais civis conseguiram apreender uma espingarda calibre 28, três revólveres calibre 38 – sendo um com quatro munições deflagradas, grande quantidade de munição, e uma pistola de brinquedo.

Os integrantes da quadrilha estavam escondidos em três casas e com eles foram encontrados também um Fiat Doblo, um Polo Sedan, duas motocicletas – placas IAC-1897 e MUN-4975, além de drogas (maconha), eletroeletrônicos, celulares e R$ 3.460,00, em espécie.

Durante os assaltos em Porto de Pedras, foram roubados dinheiro (6.000 Euros), jóias, celulares, aparelhos eletrônicos e o Doblo (já recuperado), pertencente ao empresário italiano que teve a chácara roubada.

Todas as pessoas presas foram indiciadas por tráfico de drogas, porte ilegal de arma e formação de quadrilha, além de terem a prisão temporária decretada pela Justiça de Coruripe, em virtude de indícios de participação de crimes naquele município.

O delegado José Edson revelou ainda que outros membros da quadrilha já foram identificados, mas têm seus nomes mantidos em sigilo.

 

 

 

 

adelmo_juliao.jpg
Adelmo Julião da Silva Filho, 27
 
alessandra2.jpg
Alessandra Pereira Macário, 38 anos
 
daniel.jpg
Daniel Feitosa Fernandes, 19 – o “Galeguinho”
 
isaias.jpg
Isaías Valdevino Marcolino, 27
 
jones.jpg
Jones Marques Santos da Silva, 19
 
jose_alcides.jpg
José Alcides da Silva Peroba, 45 – conhecido por “Camelô”
 
luis_andre.jpg
Luiz André de Araújo, 40
 
paulo.jpg
Paulo José Guimarães Correia, 43 – o “Paulinho”
 
taiza1.jpg
Taísa dos Santos, 20
 

 

 com Ascom PC