Prevenção

Casal recomenda às construtoras a suspensão de obras não emergenciais por 10 dias

Sugestão faz parte das medidas de controle à pandemia causada pela covid-19

25/03/2020 14h33Atualizado há 5 dias
Por: Rafael Sobral
Fonte: Agência Alagoas
Assessoria/divulgação
Assessoria/divulgação

A Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal/AL) recomendou as construtoras que prestam serviços em obras não emergenciais de abastecimento de água e de coleta e tratamento de esgoto que suspendam as atividades por dez dias. A orientação foi feita por comunicado entregue nesta terça-feira (24) e está embasada nos decretos do Governo do Estado que elencam ações voltadas para o combate a covid-19.

 

“A Casal, como agente público, tem como prioridade momentânea de contribuir para preservação da saúde coletiva e refrear os efeitos causados pelo coronavírus, tanto em seus colaboradores quanto em suas empresas parceiras. Tendo em vista o atual cenário de calamidade pública nacional e a decretação de emergência estadual e municipal, recomendamos a suspensão das obras executadas”, diz o comunicado da Companhia para as empresas.

 

Somente algumas obras específicas e voltadas para aumento imediato do volume de água ofertado à população serão mantidas, entre elas a adutora Batalha-Jaramataia, a nova captação e ETA em Fernão Velho e interligação de poços a reservatórios do Jacintinho, ambas em Maceió, nova adutora de Messias e melhorias no Sistema de Abastecimento de Murici.

 

A Casal ressalta que cumpre as determinações do Governo do Estado em relação à prevenção ao coronavírus e, por prestar um serviço essencial a toda a população, mantém suas atividades operacionais em funcionamento todos os dias, 24 horas por dia.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários