Sexta, 10 de Julho de 2020 23:36
19 9 8882-5790
Cidades Prorrogado

Prefeito de Maceió prorroga decreto emergencial até 02 de Julho

O novo decreto foi publicado no Diário Oficial do Município

23/06/2020 23h46
Por: Victor Santana
Foto: Março Antônio / SECOM MACEIÓ
Foto: Março Antônio / SECOM MACEIÓ

O prefeito de Maceió Rui Palmeira, mais uma vez prorrogou o prazo de isolamento com medidas de enfrentamento a covid-19, dessa vez até 2 de Julho.

O novo decreto foi públicado no diário oficial do município desta terça-feira (23).

As medidas continuam as mesmas, onde estão suspensas as atividades nas orlas lagunares e marítima, aulas nas escolas públicas e privadas, abertura de estabelecimentos não essenciais, bem como continua em vigor as modificações temporárias na estrutura administrativa municipal.

Os servidores municipais deverão continuar a exercer as atividades em regime de teletrabalho. Os atendimentos dos serviços não essenciais serão realizados pelos canais de comunicação oficiais de cada órgão (telefone, e-mail e congêneres).

Os ônibus devem circular a partir de quarta (24) com a capacidade de passageiros sentados em sua totalidade, janelas abertas, sem utilização de ar condicionado e sem redução de frota para atender a população.

Ficou mantida a não abertura de shoppings centers, cinema, teatro, academias, clubes, boates e casa de shows. Além disso, toda e qualquer atividade comercial na orla marítima e lagunar está proibida, exceto o Centro Pesqueiro de Jaraguá e as balanças de pescado. Já bares, restaurantes, lanchonetes e afins continuam funcionando apenas no sistema delivery e “pegue e leve”.

Ressaltando que continuam autorizadas a funcionar apenas empresas consideradas essencial, seguindo todas as medidas de segurança já estabelecidas em decretos anteriores, exemplo  o uso de máscaras obrigatório para clientes e funcionários e a disponibilização de álcool em gel.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.