Quarta, 30 de Setembro de 2020 14:58
19 9 8882-5790
Geral Prevenção a covid

Arsal aborda 2.196 veículos nas duas primeiras semanas de retorno do transporte intermunicipal

43 foram deles foram flagrados cometendo irregularidades que comprometem à saúde e à segurança da população

17/08/2020 08h48
Por: Redação Fonte: Agência Alagoas / Ascom Arsal
Foto: Ascom/Arsal
Foto: Ascom/Arsal

Nesta segunda semana de retorno do Sistema de Transporte Intermunicipal de Passageiros, 2.196 veículos foram abordados pela Agência Reguladora de Serviços Públicos do Estado de Alagoas (Arsal), que tem o compromisso, estabelecido por decreto do Governo do Estado, de fiscalizar e autuar casos de descrumprimento do Protocolo de Segurança, que visa minimizar as chances de contágio pelo novo coronavírus no transporte. Do total de abordagens, houve 22 notificações e 21 apreensões pelo ente regulador até esta sexta-feira (14). 

As fiscalizações acontecem diariamente em pontos fixos e volantes em todas as regiões do Estado, abordando veículos complementares, convencionais, carros particulares, táxis e transportadores por aplicativo a fim de fazer valer o decreto, bem como coibindo o transporte clandestino. 

Os agentes de apoio da Gerência de Transporte e os militares do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), que atuam em ação conjunta, observam se os trabalhadores e usuários estão cumprindo o Protocolo de Higienização, que nesta fase do decreto determina: 

A operação do transporte intermunicipal com 50% da capacidade e com todos os passageiros sentados;

Uso de máscaras por todos; cobradores devem usar também o protetor facial;

Verificação da temperatura de usuários e funcionários nos pontos de origem e destino;

Porte obrigatório do teste da covid-19 para motoristas e cobradores;

Disponibilização de álcool em gel 70% e higienização de partes de contato interno do veículo;

Divulgação das medidas de segurança em local visível;

Janelas deverão permanecer sempre abertas durante o trajeto.

Em casos de descumprimento de alguma destas medidas, os usuários podem denunciar à Ouvidoria da Arsal por meio dos números: 0800 284-0429 ou enviar mensagem para o WhatsApp (82) 98833-9430, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.