Quarta, 30 de Setembro de 2020 14:43
19 9 8882-5790
Cidades Protesto

Moradores de Guaxuma, em Maceió, protestam contra construção e estação de esgoto

Eles dizem que as obras vão destruir a única praça, muito utilizada pelas crianças

21/08/2020 11h18
Por: Victor Santana Fonte: G1 AL
Foto: Reprodução/G1 AL/Paula Amaral
Foto: Reprodução/G1 AL/Paula Amaral

Moradores do bairro Guaxuma, em Maceió, protestam pelo segundo dia contra a construção de uma estação de esgoto na praça do Conjunto Gurguri. Os manifestantes fecharam uma das pistas da AL-101 Norte por volta das 7 horas desta sexta-feira (21).

"A nossa vigília na praça vai continuar. Somos favoráveis ao saneamento do Litoral Norte, mas uma estação de esgoto na única praça do nosso loteamento nos deixou muito aflitos. Sabemos que o volume de esgoto que vai chegar aqui é um volume muito grande", disse Regina Coeli Marques, moradora do bairro.

Ao G1, a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra) informou que os moradores serão beneficiados com serviços de esgotamento sanitário, drenagem e pavimentação. Disse ainda que os impactos são mínimos e que vai ocupar 10% da área escolhida, de forma a preservar o espaço de lazer, sem prejuízos à comunidade (confira a nota na íntegra ao final do texto).

No início do protesto, os moradores se reuniram na praça e saíram em direção à AL-101 Norte com cartazes e faixas.

"Fizemos isso para chamar a atenção da população. A região que nós moramos, por enquanto, tem uma solução de esgoto satisfatória. A gente acha que o investimento que está sendo feito aqui deveria ser deslocado para as áreas que têm esgoto a céu aberto na rua", completou Regina.

Regina conta que os moradores participaram de duas reuniões com representantes da Prefeitura de Maceió, mas não conseguiram chegar a um acordo.

"Já mandamos ofício ao prefeito. O gerente executivo do Programa Revitaliza Maceió, Victor Albuquerque, entrou em contato conosco. Já foram feitas duas reuniões, mas eles não abrem mão de colocar a estação elevatória na praça. Na segunda passada, nós encaminhamos um ofício ao prefeito solicitando o projeto e o relatório de análise de impacto para que a gente possa analisar. Não houve transparência nesse projeto".

O Gerenciamento de Crises da Polícia Militar acompanha a manifestação dos moradores. "É um protesto pacífico e organizado. Os moradores iniciaram na Praça, vieram para a AL-101, mas nós desviamos o trânsito. Depois eles retornaram para a praça. Eles pedem que a prefeitura aguarde um posicionamento do Ministério Público Estadual e Federal sobre a situação", diz a capitã Daiana.

Nota da Seminfra:

A Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra) informa que está beneficiando com os serviços de esgotamento sanitário, drenagem pluvial e pavimentação quatro regiões de Maceió. Para implantação do esgotamento sanitário nos bairros do Litoral Norte foram necessárias a construção de uma Estação de Tratamento de Efluentes (obra em execução no bairro da Saúde) e a instalação de Estações Elevatórias em vários bairros da região para o bombeamento do esgoto coletado até a estação de tratamento.

Implantar essas estações elevatórias exige observância a critérios técnicos, como levantamento topográfico detalhado e identificação de áreas destinadas a equipamentos urbanos, não sendo recomendadas, prioritariamente, áreas verdes ou de preservação ambiental, exceto quando inexistirem áreas destinadas à implantação de equipamentos. A área escolhida para construção da estação elevatória dos loteamentos Guaxuma e Gurgury foi a única disponível para a localidade que está fora de área verde e que atende aos critérios técnicos exigidos.

A Seminfra esclarece, ainda, que o equipamento foi projetado e dimensionado de acordo com os parâmetros das normas brasileiras e não trará transtornos à comunidade local, tendo funcionamento automatizado, além de dispor de grupo gerador exclusivo para atender a eventual falta de energia elétrica na região. O poço de sucção e demais equipamentos ficarão totalmente enterrados, causando menor impacto visual, ocupando apenas 10% da área escolhida, de forma a preservar o espaço de lazer, sem prejuízos à comunidade.

Sobre a insatisfação dos moradores, que através da Associação dos Moradores dos Loteamentos Guaxuma e Gurgury afirmaram preferir o sistema de fossa séptica e sumidouro à obra de esgotamento (pela necessidade de construção de estação elevatória), a Seminfra informa que, em reunião com representantes da Associação, na sede da Secretaria, no dia 12 de agosto de 2020, apresentou o projeto e explicou o funcionamento do equipamento e os critérios de escolha do local.

Os técnicos da Seminfra esclareceram, ainda, que o sistema preferido pelos moradores é primário e rudimentar, utilizado apenas quando inexiste rede pública coletora de esgotos, informando que a obra foi precedida de estudo ambiental e possui as licenças ambientais necessárias à sua execução.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.